quarta-feira, 27 de julho de 2016

O começo da caminhada. Como escolher de que Comunidade fazer parte.





Olá galera!!
Como estão? Tudo na santa paz de Deus? :)

Dando continuidade ao nosso post sobre o começo da caminha, vamos falar hoje de algumas dicas de como você pode perceber se aquela comunidade é a que você quer fazer parte, se é naquela que você é chamado por Deus.

Aviso antes de mais nada que vou especificar mais o âmbito de "Comunidades" pelo fato de eu ter mais contato e vivência com elas.
Termos como, "Grupo Aberto"e "Grupo de Formação para engajados", são exemplos de nomes usados em minha Comunidade, mas em outros lugares os nomes podem ser outros, como "Comunidade Lírio da Trindade" ou "Obra Mensageiros do Amor" e assim por diante. 

Deixo claro também que não existe uma formula mágica ou algo assim, na verdade é onde você se sente chamado a estar, onde se sente bem, e isso tudo vem com a observação e a experiência.

Então vamos lá! 



Quando começamos nossa caminhada, seja em um Grupo de Oração, Paroquia ou Comunidade, começamos a ter uma responsabilidade por aquele dia em que devemos estar lá, sobre os serviços que precisamos exercer e etc. 
Então devemos saber qual Comunidade somos chamados por Deus a fazer parte, a se doar, a doar aos irmão nosso tempo e nossos dons.

No começo da caminhada, o importante para alguém novo é a assiduidade no "Grupo aberto".

Grupo Aberto:
Dia especifico em que a pregação, louvor e oração é aberto a todos, independente se são da Comunidade ou não. É um dia em que todas as "atividades" que serão realizadas tem temas gerais e que todos podem compreender, sem nada que se deva ter algum pré-requisito ou experiência anterior.

É ali no grupo aberto que você vai começar a conhecer toda a Comunidade, sua dinâmica, as pessoas que frequentam, as que pregam e fazem a animação. 

Outro lugar para conhecer a comunidade em que você está se engajando é a Santa Missa. 

Geralmente, todo Grupo de Oração ou Comunidade tem os seus dias específicos de servir na paroquia de que faz parte, fazendo as leituras por meio do grupo de Liturgia ou os cânticos através do Ministério de Música.
Ali você vai poder observar como é aquela comunidade em ação, no serviço a Deus e aos irmãos.

Depois que você se decide por aquela comunidade e já está a um bom tempo, você passa a frequentar e ter responsabilidade com um grupo mais especifico, o Grupo de Formação para engajados.

Grupo de Formação (para engajados):
Grupo em que vão acontecer formações especificas sobre assuntos referentes ao movimento em que sua comunidade faz parte, assuntos mais específicos sobre a igreja e como devemos nos portar diante de nossos serviços e ações. 
Nesse grupo muitas vezes também podem ser discutidos assuntos internos da comunidade. Sendo assim, geralmente só podem fazer parte dessa reunião aqueles que já caminham a algum tempo naquele grupo.


E a partir dai você vai caminhando naquela comunidade ou grupo...

Gostaram do post? Tem alguma dúvida? 
Não deixem de comentar, curtir e compartilhar nas redes sociais!!

Até a próxima!







terça-feira, 19 de julho de 2016

A geração de jovens que não esperam em Deus





Nossa geração talvez seja a mais ansiosa, a que apresenta mais problemas relacionados à esperar em Deus, mas vive colocando nas redes sociais #EU ESCOLHI ESPERAR. O problema é quando não vivemos o que postamos okay?okay!


Muitos acabam se desvirtuando e procurando solucionar os problemas num piscar de olhos , mas veja o que a Palavra de Deus nos diz : Não andem ansiosos por coisa alguma, mas em tudo, pela oração e súplicas, e com ação de graças, apresentem seus pedidos a Deus. E a paz de Deus, que excede todo o entendimento, guardará o coração e a mente de vocês em Cristo Jesus. Finalmente, irmãos, tudo o que for verdadeiro, tudo o que for nobre, tudo o que for correto, tudo o que for puro, tudo o que for amável, tudo o que for de boa fama, se houver algo de excelente ou digno de louvor, pensem nessas coisas.(Filipenses 4:6-8) .

O enfoque que quero dar hoje é em relação ao relacionamento com Deus.
Você tem esperado em Deus? Nosso Deus não é imediatista, um relacionamento com Ele exige paciência e perseverança. Para se conquistar algo firme sólido, que não se vá com facilidade é necessário esperar, tudo que vem fácil, vai fácil, logo se você quer construir uma relacionamento com o Senhor, você deve ter muita paciência! Nossa fé deve ser firme, não se basear em emoções. 
Vou dar um exemplo bem claro hoje em dia : Muitos são os jovens católicos que passam pela chamada "crise vocacional". Ficam desesperados, aflitos, pensam : ‘será que minha vocação é essa?’ ‘será que serei feliz?’’.

Santa Teresa de Lisieux sempre exaltava a importância de viver o hoje, de não se preocupar com o amanhã. Isso serve para tudo. É certo que as coisas têm tempo para acontecer. Deus tem um plano para agir, para curar, seja qualquer área da nossa vida. Em qualquer tarefa sua do dia a dia, volte seu pensamento para Deus, e se for algo a ocupar-lhe demasiadamente, continue elevando seu pensamento ao Nosso Senhor. A ansiedade consiste em nunca viver o hoje, mas antecipar o sofrimento do amanhã. 
Se você pedir, o Senhor irá te ouvir.

Peça um coração sedento por Deus,um coração semelhante ao de Jesus. A vida cristão exige sacrifícios,e é necessário que estejamos preparados para enfrentar as distrações e os males deste mundo.

E aí, curtiu o post? 
Não deixe de compartilhar com seus amigos nas redes sociais.
Salve Maria Imaculada!


É MUITO BOM ESPERAR EM DEUS!VIVAAAA JESUS E MARIA!

quarta-feira, 13 de julho de 2016

O Novo de Deus! - O começo da caminhada.





Olá gente! 
Tudo ok?
Espero que sim =) 

Hoje vamos relembrar o começo da caminhada!
O nosso apagar de passado triste, vazio e sem Deus!
"que a sombra o domine; esse dia, que não seja contado entre os dias do ano, nem seja computado entre os meses!" jó, 3:6. 

O nosso inicio geralmente é tímido e sem conhecimento. Chegamos aos grupo de oração as vezes sem conhecer ninguém, com vergonha de dançar e muitas vezes sem entender nada do que se passa alí!





Então chega aquele momento da pregação e Deus, por meio do pregador, começa a falar todo o novo que devemos ouvir naquele momento.
A Oração chega e nos desfazemos em lagrimas diante das palavras do pregador.
O nosso começo é aquele passo de cada vez . É quando Deus nos olha lá de cima e aprecia o começo da nossa caminhada, olha para nossos erros com paciência e sopra em nós a consciência de que aquilo não convém mais mais a nós, que devemos mudar.



Quando vamos nos libertando daquilo que pesa em nossa vida e que nos prende ao mundo, tudo fica mais leve em nossa caminhada e parece que respiramos melhor, que seremos invencíveis pois nós libertamos daquele vício que tínhamos e que era tão difícil de largar. Pensamos que tudo vão ser flores e alegrias depois daquela libertação.
Mas sabemos e percebemos depois que a luta é diária, e que Deus vai nos moldando a santidade, e então vamos descobrindo mais coisas a modificar e assim vamos seguindo a caminhada.
Até que nosso coração bate forte por um serviço na igreja ou comunidade e avançamos para servir ao senhor mais ativamente em um grupo específico.




E aí vem os ministérios e pastorais que vamos falar em outros "posts".


Gostaram da reflexão?
Tem alguma dúvida ou dica?
Comente, curtam e compartilhem nossos posts e nosso blog!

Fiquem com Deus! :)




sexta-feira, 8 de julho de 2016

Eu não consigo ouvir a voz de Deus...e agora?






Olá gente linda, Salve-Maria!
Estou aqui pra falar de um assunto muito importante: Será que ouvimos a voz de Deus?


Em meio a tantas vozes, devido a correria no mundo moderno, torna-se cada vez mais difícil escutar a voz de Dele. A voz que nos dá a instrução para prosseguirmos, a voz inexorável do Deus vivo que se fez carne e veio habitar entre nós, a voz de um pai que alerta seu filho, e diz-lhe o que fazer.

Porém quando não escutamos essa voz, o que NÓS devemos fazer?

#E AGORA?



Não precisa ser um religioso, padre, um expert no assunto por exemplo, para indicar o que fazer nesse caso. O primeiro passo é pensar: Ao que tenho dado prioridade na minha vida? Às coisas do céu? (ou seja,as que nunca passam) ou às coisas efêmeras, as coisas do mundo?

É realmente muito importante que reconheçamos Deus como o centro da nossa vida. Porém, não basta reconhecer, não basta crer, temos que praticar a nossa fé, temos que pedir a Deus que nos dê forças, que reconheçamos a nossa pequenez diante da Majestade Divina. Se você quer escutar a voz de Deus, ore. A oração é a nossa conexão com Deus. Abra seu coração para o Nosso Senhor, e diga o que se passa com você, apesar Dele saber de tudo. É necessário que diga como se sente, assim como quando vai ao médico e precisa de cura para suas doenças.

    Já dizia Santo Agostinho: "Com o coração se pede. Com o coração se procura. Com o coração se bate e é com o coração que a porta se abre.’’ Deus não adentra naqueles corações em que a porta não está aberta. Imagine que Ele está do lado de fora da porta da sua casa, mas a porta possui apenas a maçaneta por dentro, e não por fora. A porta é como seu coração: você tem o controle sobre o que entra, e o que sai. Deus bate na porta dos nossos corações todos os dias, e muitas vezes não percebemos, porque nosso coração, nossos olhos estão voltados para coisas supérfluas, mundanas, inúteis, passageiras.
Jesus nos ensinou a oração:’Pai Nosso,que estais no céu... ‘’, que é uma das mais belas e demonstra a conexão entre o Pai no céu, e nós aqui na terra. Lembre-se de administrar o seu tempo, e se necessário organizar suas tarefas do dia a dia. Ao orar, feche a porta do seu quarto, reserve um lugar importante, em que nada distraia ou atrapalhe o seu momento de oração. 
É preciso calar e ter silêncio ao seu redor para poder ouvir a voz de Deus, como diz São Padre Pio.

Não se esqueçam de compartilhar o conteúdo, curtir a página e seguir o blog queridos.
A paz de Maria, e o amor de Jesus!